terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Berserk (TV)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 25/07/2002.

Alternativos: Kenpuu Denki Berserk
Ano: 1997
Diretor: Naohito Takahashi
Estúdio: OLM / VAP
País: Japão
Episódios: 25
Duração: 24 min
Gênero: Terror / Fantasia / Violência



Poucas vezes as palavras iniciais de um anime refletiram sua idéia central com tamanha exatidão - "Neste mundo, o destino do homem é controlado por alguma lei ou entidade trancendental. Ao menos o homem sabe que não tem controle sobre sua própria vontade". Ao assistir a Berserk, guarde sempre estas palavras na mente... no final, elas farão sentido de uma maneira brutal e inesquecível.

Berserk é um anime incrível, produzido nos anos de 1997 e 1998. Baseado no mangá homônimo, Berserk conta a história de Gatts, um lutador de força incomum que, com sua gigantesca espada, parece não ter adversários capazes de pará-lo. O destino faz com que Gatts cruze o caminho de Griffith, o carismático líder do Bando do Falcão, um grupo de mercenários com fama de invencíveis. Entre os membros do grupo, encontram-se a bela tenente Caska, o gigante de bom coração Pippin, o invejoso Corkus, o calmo e simpático Judeau e o garoto bom de briga Rickert. Após alguma relutância, Gatts acaba juntando-se a Griffith e sua turma. Em meio à guerra que se desenrola entre os reinos de Midland e Tudor, o Bando do Falcão luta para sair da clandestinidade e tenta ganhar respeito entre a nobreza de Midland.


Além de ser um anime excelente, Berserk possui características muito peculiares. Seu primeiro episódio, tétrico e soturno, se passa na verdade após os eventos do último episódio. A violência presente neste anime impressiona, mas não é um caso de imagens fortes feitas apenas para chocar. Elas acontecem naturalmente, e você sente que as coisas não poderiam ser de outra maneira. É de se admirar, também, a ousadia dos produtores de Berserk. Temas fortes, como estupro, homossexualismo e pedofilia são discutidos abertamente, sem meias palavras.

Muita gente torce o nariz para a qualidade de animação de Berserk. Não tenho do que reclamar. Apesar da animação tradicional e simples, sem efeitos de computação, não há como negar: a qualidade visual de Berserk é de cair o queixo! O traço dos personagens é belíssimo, com expressões marcantes. A trilha sonora é ótima, com destaque para a fantástica "Forces". E, mais uma vez, Berserk vem comprovar a teoria de que uma boa história e personagens carismáticos são as coisas mais importantes em uma obra. Em meio a uma gama enorme de personagens interessantes, Gatts, Griffith e Caska se destacam. O relacionamento entre os três é muito complexo, e as barreiras que separam a amizade, o amor e o ódio são muito tênues.

O final em aberto de Berserk é, ao mesmo tempo, seu ponto alto e fraco. Por retratar apenas a primeira metade do mangá, muita coisa fica em aberto, e alguns pequenos detalhes parecem um tanto forçados e fora do lugar. Ainda assim, é bom ficar preparado. Não darei detalhes para não entregar a história, mas não posso deixar de avisá-los que o choque será muito, muito grande.



Berserk é uma obra-prima. Todos nós, fãs de carteirinha, só podemos torcer muito para que os boatos de uma nova série de Berserk se tornem realidade. Em suma, simplesmente imperdível!!


Marcelo Reis


 

6 comentários:

  1. De todos os animes que já assisti, esse é o mais completo(no mangá), e com a filosofia mais complexa de todas! Berserk é SHOW!

    ResponderExcluir
  2. Berserk é fora de série mesmo. Ainda não vi os 3 filmes para cinema, mas estou muito curioso, ainda mais pela animação ser do Studio 4ºC.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Beserk é animal, trilha sonora, temas abordados; inclusive tratando claramente sobre a etnia dos personagens. A trilha incidental é demais, entra no hora certa e conta muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este anime é realmente impressionante, muito melhor que os três filmes feitos pelo Studio 4ºC, na minha opinião.

      Excluir
  4. Aqui, esse anime ficou faltando um episódio? Eles devem ter cancelado na época, principalmente se comparar com o final do último filme da trilogia recente, que fecha o arco do mangá corretamente. Além disso, considerando que não é comum animes com 25 ep, mas sim com 26...

    ResponderExcluir
  5. Olha, Rodolfo, que eu saiba, a série foi realmente programada para 25 episódios, nunca fiquei sabendo nada sobre algo ligado a cancelamento. Quanto ao número de episódios, apesar de 26 ter, de certo modo, virado referência, isto realmente depende muito do projeto.

    Além de Berserk, há várias séries bem conhecidas com 25 episódios: Violinist of Hamelin, Kaze no Yojimbo, Weiss Kreuz, Macross Frontier... neste link dá pra ver vários outros animes na mesma situação: http://www.animenewsnetwork.com/search?q=%22+Number+of+episodes%3A+25%22

    ResponderExcluir