terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Broken Down Film (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 14/01/2011.

Alternativos: Onboro Film
Ano: 1985
Diretor: Osamu Tezuka
Estúdio: Tezuka Productions
País: Japão
Episódios: 1
Duração: 5 min
Gênero: Comédia


Nesta paródia das animações mudas do início do Século XX sobre o Velho Oeste, Osamu Tezuka já mostra seu bom humor logo de cara, anunciando ser esta uma animação da Tezuka Productions realizada em 1885. Como se fosse uma película em péssimo estado, a imagem sai de foco, some totalmente junto com o som, fica invertida, e é uma verdadeira luta para terminar os créditos iniciais e começar a história propriamente dita.

Um caubói precisa salvar uma donzela presa nos trilhos do trem por um vilão e, ao mesmo tempo, lutar contra os defeitos do próprio filme, que o atrapalham o tempo todo na missão. A imagem sai do quadro, o cavalo tropeça em "sujeiras" da tela, que ainda causam alergia no herói e atrapalham sua visão. Mas justiça seja feita, não são apenas o caubói e a mocinha que sofrem com a péssima conservação do filme, pois o vilão também vê os seus planos atrapalhados o tempo todo pelos imprevistos durante a "projeção".



Tezuka e sua equipe conseguiram replicar com perfeição o estilo norte-americano de animação das décadas de 20 e 30, especialmente das obras de Max Fleischer desta época, como Betty Boop e Popeye. Não é à toa que o vilão é a cara do Brutus, e que a donzela lembre muito a própria Betty Boop. A trilha sonora também remete às obras audiovisuais deste período, sendo muito semelhante às musiquinhas de fundo da série Comedy Capers, por exemplo.

Mas replicar o estilo de outra pessoa não quer dizer muita coisa. O que vale mesmo é aliar esta perfeita homenagem a uma sucessão rápida de gags visuais criativas, que seguem literalmente até o último quadro. "Broken Down Film" é uma paródia muito divertida, que brinca com vários clichês tão comuns nos "cartoons" americanos, mas sem querer menosprezá-los em momento algum. No fundo, é uma bela homenagem de Tezuka à animação ocidental dos anos 30.



Sem se alongar além do necessário, "Broken Down Film" não é revolucionário ou muito inovador, mas também não compromete. É uma divertida animação de apenas 6 minutos, que entretém o espectador e o deixa sempre curioso para ver de quantas maneiras um filme mal-conservado pode atrapalhar, e muito, os seus protagonistas.


Marcelo Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário