quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Gunsmith Cats (OVA)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 11/06/2003.

Alternativos: As Gatas Atiradoras
Ano: 1995
Diretor: Takeshi Mori
Estúdio: OLM / VAP
País: Japão
Episódios: 3
Duração: 30 min
Gênero: Comédia / Ação / Shounen



Rally Vincent e May Hopkins (mais conhecida pela alcunha de Minnie May) são duas belas e hábeis caçadoras de recompensas, na cidade de Chicago. Rally é uma solteirona sem o menor tato para lidar com os homens, mas possui uma habilidade inigualável no manejo de armas de fogo. Minnie, por outro lado, possui um comportamento mais infantil, mas literalmente arrebenta com tudo quando o assunto diz respeito a sua especialidade: explosivos! ^__^

Rally e Minnie são as proprietárias da loja de armas Gunsmith Cats, que serve também de fachada para encobrir suas atividades como caçadoras de recompensas. Tudo corre relativamente bem, até o dia em que são procuradas pelo agente da *ATF, William Collins, que lhes apresenta uma perigosa proposta de trabalho não-remunerado, relacionada à captura de Jonathan Washington, um comerciante de armas pesadas. Apesar da proposta nada tentadora, Rally e Minnie são obrigadas a aceitar o caso, mesmo sem receber um níquel por isto... do contrário, sua pequena lojinha de armas será fechada, por falta de registro! ^_^

(*ATF - Bureau of Alcohol, Tobacco and Firearms)

Gunsmith Cats é uma excelente série de 3 OVA´s, produzida nos anos de 1995/1996 pela Kodansha, VAP e TBS. Baseado em um mangá escrito por Kenichi Sonoda (desenho de personagens em Bubblegum Crisis: Tokyo 2040), Gunsmith Cats conta com um excepcional trabalho de direção de Takeshi Mori, diretor de alguns episódios de You´re Under Arrest TV (Taiho Shichauzo TV), e que ganhou um enorme fã-clube após dirigir as duas temporadas do aclamado Vandread. O excelente desenho de personagens de Sonoda, a empolgante trilha sonora de Peter Erskine e a animação de ótima qualidade do estúdio OLP deixam esta série ainda mais atraente.

Uma das primeiras coisas que chamam a atenção em Gunsmith Cats é a excelente animação. Fantásticas tomadas de câmera, movimentação perfeita dos personagens, perseguições de carro de arrepiar, tudo é feito de maneira a deixar o espectador de queixo no chão. Mais incrível é perceber que nenhum efeito de computação gráfica foi utilizado para realçar o realismo das cenas.


Outro fator interessante, ainda no tocante ao aspecto visual, é o ambiente realista no qual a história se desenvolve. A participação de um grande número de americanos como consultores técnicos contribuiu muito para que Chicago fosse retratada com tal realismo, desde os desenhos de prédios até os carros nas ruas e auto-estradas. Merece destaque a perfeição do trabalho em cima do carro utilizado por Rally e Minnie, um possante Cobra Mustang GT 500, de cor azul... só vendo para crer!

A excelente mistura de ação e humor segura o interesse na série com facilidade. Rally e Minnie possuem uma interação excelente, e são muito carismáticas... e difícil encontrar uma série na qual as heroínas sejam tão "politicamente incorretas"! ^__^ William Collins (Bill) é uma peça raríssima, e seu comportamento dissimulado nunca deixa transparecer as suas verdadeiras intenções. E o que dizer da assassina russa Nastasha Radinov, uma psicopata que parece um touro e é chamada, com razão, de "máquina de matar"? A mulher é o próprio Demo! ^_^

Com tantos pontos positivos, tudo leva a crer que Gunsmith Cats seja um anime perfeito. Se levássemos em conta apenas os dois primeiros episódios, esta constatação não estaria muito longe da realidade. Mesmo com um ritmo corrido e algumas situações exageradas, os dois primeiros OVA´s são um primor em termos de execução, chegando a rivalizar com Cowboy Bebop em algumas partes...

...e eis que surge o episódio 3... (desânimo!)

As coisas não começam bem quando percebemos, de cara, que o desenho de personagens mudou muito, e para pior. Os traços de Rally e Minnie ficaram horríveis, e ambas ganharam feições idiotas, principalmente quando estão conversando. Bill Collins e Radinov mudaram tanto, que nem parecem ser os mesmos personagens dos outros episódios. O ritmo impecável de outrora deu lugar a uma sucessão irritante de clichês e situações forçadíssimas, com um desfecho pra lá de óbvio. Uma série tão fantástica não merecia um final como este...



Mesmo com estes problemas, Gunsmith Cats é uma série altamente recomendada. Os OVA´s 1 e 2 são tão bons que deixam os graves erros do OVA final em segundo plano. Seria injusto que um anime tão bacana fosse solenemente ignorado apenas em função de seu final decepcionante. Vale a pena dar uma conferida.


Marcelo Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário