sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Sadamitsu the Destroyer (TV)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 18/01/2003.

Alternativos: Hakaima Sadamitsu
Ano: 2001
Diretor: Koichi Ohata
Estúdio: Studio DEEN
País: Japão
Episódios: 10
Duração: 22 min
Gênero: Aventura / Mecha / Sci-Fi


A primeira impressão que tive desta série foi péssima! ^_^ Ao assistir à apresentação de Sadamitsu, na qual herói com um capacete ridículo sai correndo e fazendo poses ao som de uma música de velho oeste, imaginei que a série fosse terrível. Mas quando vi uma cena, nesta mesma apresentação, em que o tal Sadamitsu aparece agachado olhando uma pomba com cara de adoração, não agüentei! Tive certeza que esta série deveria ser uma verdadeira bomba!

Pesquisando pela Internet, li vários textos elogiando Sadamitsu, dizendo que era uma grande surpresa, uma diversão diferente e despretensiosa, etc... Bom, o mosquitinho da curiosidade acabou me picando e, bem, me vi "obrigado" a dar uma conferida em Sadamitsu the Destroyer. ^_^

Antes dos comentários, vamos a uma breve descrição. Sadamitsu the Destroyer (Hakaima Sadamitsu) é uma série de apenas 10 episódios, produzida pela SME Visual Works e Studio Deen. A história gira em torno de Sadamitsu Tsubaki, um cara valentão e bom de briga que é líder do grupo Shikabane-kai e usa uma jaqueta mística (!). Sadamitsu tem um pé do tamanho do universo (que pé grande!), e é sempre motivo de dor de cabeça para Chieko, a enfermeira da escola onde estuda. Certo dia, enquanto estava reunido com seus amigos da Shikabane-kai, Sadamitsu presencia a luta entre um estranho cara com um capacete e um assustador alienígena da raça dos Rukeitais. O destino acaba fazendo com que Sadamitsu se transforme no herói do dia, e se torne peça fundamental para livrar a Terra dos quase 20 milhões de Rukeitais que vivem aqui (!!). Mais importante é evitar a interferência dos Vulture, os seres mais poderosos do Universo que podem destruir planetas inteiros apenas para eliminar os Rukeitais (!!!).


Que história fantástica, hein?? ^_^ Mas, acreditem, o grande trunfo de Sadamitsu the Destroyer é justamente o fato de não se levar a sério em momento algum. Os personagens são caricatos, as soluções, bem retardadas, mas é isto que dá um charme todo especial à série. A sensação é a mesma de se assistir a uma série de "tokusatsus" (Jaspion, Black Kamen Rider, etc...), só que, ao invés de atores e cenários reais, tudo é feito na forma de animação. Vale destacar ainda que, nos aspectos técnicos, Sadamitsu the Destroyer é excelente... a animação é fluida e possui alguns efeitos de computação gráfica bem interessantes.

Sadamitsu the Destroyer possui algumas situações de humor impagáveis (aliens fanáticos por uniformes e odores femininos, por exemplo!) e um pouco de drama, principalmente próximo ao final. Os personagens, apesar de alguns clichês, são bem desenvolvidos: nenhum é necessariamente bom ou mau, apenas age de acordo com seus princípios, acreditando estar fazendo o certo. Não poderia faltar um certo clima de romance entre Sadamitsu e uma personagem feminina... no caso, a enigmática Yayoi Kamishiro, que tem importância fundamental no desenvolvimento da trama. Vale a pena citar também a lógica fantástica de Junk (o estranho "companheiro" de Sadamitsu), e a engraçadíssima motocicleta Culon... só vendo pra crer! ^_^ O ponto negativo desta série é justamente o seu protagonista. Sadamitsu é carismático, boa gente, mas é excessivamente valentão e grita sem parar... isto se torna meio irritante em alguns momentos.



Pois é, meus amigos, acabei queimando a língua! ^_^ Sadamitsu the Destroyer é muito legal, com um final surpreendente e dramático, apesar do clima descontraído presente em toda a série. Para quem procura um anime levemente descerebrado, com muita ação e humor e pitadas de drama, aí está uma grande opção!


Marcelo Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário