sábado, 16 de fevereiro de 2013

The Conceited General (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 04/10/2008.

Alternativos: The Proud General; Jiao’ao de Jiangjun
Ano: 1956
Diretor: Te Wei
Estúdio: Shanghai Animation
País: China
Episódios: 1
Duração: 23 min
Gênero: Comédia / Fantasia


"The Conceited General" é uma produção realizada pelo Shanghai Animation Studio em 1956, com roteiro de Hua Junwu e direção de Te Wei. Este curta-metragem marcou o início de um rico período da animação chinesa, com obras inovadoras do ponto de vista técnico e narrativo e com características que as diferenciavam sobremaneira das animações produzidas em outras partes do mundo.

Como diz o próprio título da obra, acompanhamos nesta animação as peripécias de um rei convencido e rodeado por bajuladores. Considerado o soldado mais forte e o melhor atirador existente, e tendo recebido o título de "Herói Nº1 da China" em função de suas várias vitórias no campo de batalha, este rei agora só quer saber de receber elogios, exibir sua força e seus talentos, além de comer, beber e curtir os louros das vitórias. Sem aceitar qualquer tipo de questionamento, o rei fanfarrão só se importa com si próprio e não se preocupa com o sucesso prolongado de suas campanhas: para ele, só interessa o que acontece aqui e agora. Se a paz parece ser duradoura, por que se preocupar com uma guerra que pode não chegar nunca? Resta saber o que poderá acontecer com este reino no futuro, pois guiado por um comilão preguiçoso e contando com um exército sem qualquer tipo de comando, as perspectivas não são nem um pouco animadoras.


A primeira coisa que chama a atenção em "The Conceited General" é o estilo artístico visual e musical. Muitas coisas foram inspiradas na Ópera de Pequim, como a pintura usada no rosto do general, os cenários e objetos em cena, e a trilha sonora tipicamente chinesa, repleta de tambores, pratos e flautas. Por outro lado, o desenho de personagens, a movimentação dos mesmos e a estrutura narrativa possui uma certa semelhança com algumas obras de Walt Disney. Os movimentos e expressões usados, assim como a dublagem, indicam bem o caráter dos personagens (dissimulados e escorregadios, ou humildes e comedidos). Uma informação interessante contida na "Chinese Classical Animation: Te Wei Collection DVD" diz respeito a algumas mulheres que aparecem dançando: elas não possuem detalhes faciais, e toda a ênfase acabou sendo colocada na movimentação de seus lenços de seda, no fundo o que realmente importa na seqüência em questão.

A animação em si é um primor, extremamente fluida em todos os momentos, inclusive nos cenários e personagens de fundo. Usando a tradicional técnica de animação em acetato, a equipe do Shanghai Animation Studio não deixou de adicionar detalhes minuciosos como transparência nos tecidos e brilho nos objetos metálicos.

Em termos históricos, houve um grande incentivo às artes na China após a Revolução de 1949, para que pudessem ser usadas como propaganda comunista. "The Conceited General" era visto à época como uma demonstração de que a vontade coletiva era mais importante que a individual, e que ninguém deveria se julgar excessivamente superior às demais pessoas.



O enredo é relativamente simples e a narrativa se arrasta um pouco em determinados momentos mas, no geral, "The Conceited General" é mais um belo exemplo desta fase de ouro da animação chinesa. Uma época que poderia ter durado muito mais tempo, não fossem os tristes eventos causados pela infame "Revolução Cultural" iniciada em 1966, que praticamente acabou com a produção artística chinesa por vários e vários anos.


Marcelo Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário