sábado, 16 de fevereiro de 2013

The Great Escape (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 30/09/2011.

Ano: 2006
Diretor: Damian Nenow
Estúdio: Platige
País: Polônia
Episódios: 1
Duração: 6 min
Gênero: Comédia / Ação



Previsão do tempo na TV é um negócio meio enfadonho, sempre alguém parado ao lado de um mapa com uma varetinha na mão e dizendo tempo nublado aqui, pancadas de chuva acolá, máxima de tantos graus em tal lugar, mínima de tantos graus em outro canto. Se a coisa já é meio chata para quem assiste, mesmo durando apenas 1 minuto, imagine para um pobre solzinho semi-encoberto por uma nuvem que aparece dia após dia no mesmo mapa, ouvindo o mesmo "blablabla" sem parar.

Cansado desta vida monótona, e vendo do lado de dentro da tela o que ocorre no mundo real, o solzinho resolve se mexer e tentar escapar daquela verdadeira prisão. Sempre agarrado à sua nuvenzinha, que parece um "frufru" de bailarina, ele só não imaginaria que seria tão difícil escapar do incomum sistema de segurança de uma simples TV.


"The Great Escape" pode ser considerado o extremo oposto de "Moloch" em termos de atmosfera, já que é, de longe, a animação mais alegrinha e alto astral do Platige Image. Dirigido por Damian Nenow, que realizou no final de 2010 o curta de guerra "Paths of Hate" (que, a julgar pelo trailer, é impressionante), "The Great Escape" mostra exatamente o que diz o título, uma "grande" fuga de um pobre solzinho entediado, perseguido por uma "horda" de soldados um tanto quanto peculiares. Só que, ao invés de ter um clima pesado como "Moloch", "The Great Escape" parece até um joguinho de plataforma infantil super colorido, com uma trilha sonora super feliz e animada. Nem mesmo o ambiente interno da TV, simulando uma penitenciária, é algo assustador demais.

Alguém ainda dúvida que eu elogiarei a parte visual desta animação? Mas, gente, o que é que eu posso fazer? Se a equipe do Platige é realmente fora de série no tocante a animações em CGI, não dá para ficar procurando pêlo em ovo só para encontrar defeitos. Detalhes sutis como a textura de um tapete ou todo o circuito interno de uma TV antiga mostram a atenção dedicada pelos animadores aos menores detalhes. O próprio solzinho, que dentro do mapa era aquela coisa chôcha e chapada, acaba ganhando volume tridimensional durante sua fuga, chegando até mesmo a iluminar todos os locais por onde passa, como se fosse... bem, um solzinho de verdade.



Com um final muito legal e inesperado, "The Great Escape" é uma animação muito leve e divertida, que impressiona ainda mais ao sabermos que Damian Nenow criou esta animação quando estava ainda no 2º ano na Universidade Nacional de Filme, Televisão e Teatro em Lodz. E a julgar pela excelência técnica demonstrada no trailer de "Paths of Hate", o cara vai longe.


Marcelo Reis


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário