quinta-feira, 16 de outubro de 2014

A Chinese Ghost Story (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 10/02/2012


Alternativos: A Chinese Ghost Story: The Tsui Hark Animation, Xiao Qian, Litle Pretty, Sien nui yau wan
Ano: 1997
Diretor: Andrew Chen
Estúdio:
País: China
Episódios: Filme
Duração: 84min
Gênero: Ação / Romance


Escrito por Tsui Hark, Xiao Qian (seu título original) ganhou diversos prêmios importantes na China entre 97 e 98. Tsui Hark é um diretor já consagrado e com diversos prêmios no currículo, em seu trabalho mais recente "The Flying Swords of Dragon Gate" trabalha com estrelas do calibre de Jet Li. Mas quem for assistir a "Xiao Qian" não deve fazer comparações, pois estamos falando de um filme inteiramente produzido fora do Japão, há mais de 20 anos, numa época em que desenhos chineses não eram tão amplamente divulgados como hoje.

Confesso que quando assisti a este filme pela primeira vez, há cerca de 10 anos atrás, não achei grande coisa, pois o visual não me agradou, um excesso de cores e movimentação com efeitos em CG que não pareciam estar em harmonia. Também o fato de estar totalmente em mandarim com legendas em inglês tenham dificultado na época o entendimento completo, mas ainda assim, alguma coisa me instigou a assisti-lo até o final. Talvez a história, talvez o carisma de Ning, talvez, quem sabe, aquele cachorrinho safado, Solid Gold, fazendo caras e bocas. Alguma coisa nele corroia meus pensamentos de tal maneira que, mesmo depois de tanto tempo, ainda escreveria sobre ele.

O enredo mostra a história de Ning, que após apaixonar-se pela jovem Siun Lan, levou o maior pé no traseiro, devido à sua pobreza e falta de perspectiva. Ele é um cobrador de impostos que viaja pelas áreas rurais da China mas, durante a formação de uma tempestade, ele se vê obrigado a abrigar-se em um antigo templo, onde acaba presenciando a luta de 2 monges contra espíritos. Até aí, nada de tão anormal, se no dia seguinte ele não se deparasse com uma cidade que surgiu absolutamente do nada, como uma cidade-fantasma. Lá ele conhece Nie Xiaoqian, uma linda moça pela qual se apaixona. Demora um pouco, mas graças às “caras e bocas” do cãozinho Solid Gold, ele percebe que a cidade é habitada por todo tipo de almas e criaturas, uma cidade-fantasma que, obviamente, é habitada por... fantasmas!! Não demora muito para Ning perceber que sua grande paixão está, na realidade – morta!!!


Nie, assim como todos os fantasmas, está ligada à servidão eterna ou destinada ao trem da reencarnação. Mas existem diversos outros acontecimentos e personagens que levarão a história de Ning e Nie a um desfecho bastante interessante e engraçado.Apesar de visualmente não ser uma obra fantástica, a sua simplicidade a torna especial. Mostrando apenas alguém que deseja a todo custo ser feliz, não se importando com o que possa acontecer.

Um "live-action" foi lançado anteriormente à animação, que é uma versão comercial para crianças, mas tornou-se tão agradável que fez sua popularidade aumentar consideravelmente. As musicas têm um toque bastante interessante, diferente do que estamos acostumados a ouvir: afinal, trata-se de uma animação chinesa. Particularmente, gostei bastante dos sinos usados para dar cadencia as musicas.




A exuberância dos trajes, com muito vermelho e dourado, nos faz lembrar de todo o potencial que a China tenta mostrar ao mundo. É uma obra que não exige muita atenção, pois possui um enredo bastante simples, baseado no folclore regional, sendo bastante recomendado para quem curte a eterna luta entre o bem e o mal, representada em suas mais variadas formas.

Catia Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário