quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Bible Black Gaiden (OVA)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 18/09/2004.

Alternativos: Bible Black Origins
Ano: 2002
Diretor: Yasuyuki Muto
Estúdio: Milky / Image Works
País: Japão
Episódios: 2
Duração: 30 min
Gênero: Hentai / Adulto / Terror




Bible Black, série de 6 episódios lançada em 2001 (portanto, antes de Bible Black Gaiden), conta a história de um jovem que encontrou um livro de magia. Com este pretexto, a história se desenrola, e todas as encrencas do mundo começam a surgir em seu caminho. Assim como seu antecessor, Bible Black Gaiden (produzido em 2002 pela Image Works e Museum Pictures) conta detalhadamente a história do clube de magia Rose Cross, mas com um enredo um pouco diferente e, até certo ponto, surpreendente. Mas se estão achando que se trata de apenas mais um hentai sem eira nem beira... podem ter certeza....é isto mesmo! A história deste anime não é lá grande coisa mesmo, o que obviamente não posso dizer dos peitões das moças no anime, né? ^^ Já vi histórias bem piores (^__^), mas dificilmente verei peitos maiores! (hahahah!!)

Bom, vamos ao enredo. A protagonista é Reika Kitami, uma bela jovem recém-transferida para a mesma escola da pervertida Nami Kozomo, nossa vilã de estimação. Um novo grupo (ou clube de magia) está formado nesta escola, e nele se encontra a jovem Hiroko, que eu muito ingenuamente apelidei de "comida de demônio" (heheheh, pura sacanagem com a personagem +_+). Ela é decidida, estudiosa e com aquele jeitão de inteligente, e não é à toa que ela é a única a ter uma certa facilidade em decifrar os livros de magia que se encontram em posse do grupo (ohhh, que novidade!). E, com ela, estão Saki e Rie, as outras duas jovens que também integram o grupo, bem mais ingênuas e inofensivas, apenas vêem na magia uma forma de ganhar dinheiro e, quem sabe, um pouco de poder. 





Junte a elas a também bela Junko Mochida que, apesar do ar angelical e indefeso, tem uma língua feroz e acaba por pagar muito caro por isto. Elas, as nossas bruxas do coração, fazem a maior das sacanagens com a indefesa Junko, que acaba por passar a maior vergonha em frente a toda uma legião de alunos (ai!!... +.+). Também, quem mandou mexer com jovens bruxas, ein?

Bom, nossa vilã Nami é a pervertida, taradona, rica, patricinha no ultimo estágio e, claro, tem mais um pequeno detalhe: é lésbica. Tem um prazer estranho em pisotear nos outros e não aceita rejeição de ninguém. Acostumada a ter tudo e todos a seus pés, ela faz de Junko seu brinquedinho particular, e tenta fazer o mesmo com Kitami, mas é totalmente rejeitada. Ótimo motivo para uma boa vingança, não acham? Mas nem só de belezas é a vida de nossa taradona colega, e ela vai descobrir isso rapidinho. Quem mandou se meter com bruxas, ein? (bis!! bis!!)

Assistam com cautela, pois as cenas são fortes e recheadas com muito nudismo gratuito e sexo (fortíssimas!!), como quando um demônio estupra um dos personagens. E também ganha um impacto especial ao mudar totalmente o aspecto da série anterior: mocinhos e vilões podem trocar de papel e viver maus bocados, principalmente quando notamos que a única pessoa que é inocente em todo o anime é a nossa conhecida e antiga vilã da série original. Uma observação aqui: a série Bible Black Gaiden, apesar de ter sido lançada um ano após a primeira, nada mais é que um "preview" da série original, por isso a inversão de papéis da protagonista. Esta série deveria ser vista antes de Bible Black, para que a história tenha uma sequencia lógica.




Em relação ao contexto da série, posso dizer que Kite e Mezzo Forte, apesar do exagero em certas áreas, são infinitamente melhores, pois possuem toda uma história que realmente cativa e tornam a parte sexual quase irrelevante, exceto pelo fato destas cenas de sexo serem incrivelmente bem feitas. Já Bible Black Gaiden é primorosamente desenhado, com acabamento e cores muito bons, mas fica devendo uma boa história, pois o enredo não convence em momento algum. Para fãs de hentai, é um prato cheio; para aqueles que estão esperando encontrar algo mais interessante do que apenas cenas de sexo barato, vão com calma, pois será uma decepção certa.

Cátia Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário