segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Clannad - The Movie (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 01/04/2009


Alternativos: Clannad - O Filme
Ano: 2007
Diretor: Osamu Dezaki
Estúdio: Toei Animation
País: Japão
Episódios: 1
Duração: 93 min
Gênero: Drama / Comédia / Romance



Clannad é a mais nova série de visual novels do grupo Key Visual Arts, responsável por outras obras de sucesso como Kanon e Air, ambas recebendo adaptações para mangá, anime, filme, etc...

Como já era de se esperar, Clannad já fez um bom sucesso logo no seu lançamento, o que rendeu adaptações para mangá e anime, este último tendo sua segunda temporada em andamento atualmente. Só estava faltando o filme, e foi aí que a Toei Animation anunciou o projeto de um longa-metragem que seria uma espécie de resumo da série, mas com um final alternativo (provavelmente uma das várias possibilidades de final da visual novel para PC).

O começo do enredo continua praticamente o mesmo: Tomoya Okazaki é um jovem estudante que leva a vida de uma maneira descompromissada e sem muito sentido. Vai à escola apenas por ser um hábito diário e também por acreditar que não tem nenhum outro lugar para ir. Possui uma imagem de “delinqüente” devido ao seu comportamento rude e despreocupado, que tem raízes na morte de sua mãe quando ainda era pequeno e na conseqüente relação distante e fria que possui com seu pai.

Um dia, enquanto caminhava a ladeira em direção à escola, encontra uma garota peculiar que começa a puxar conversa com ele e pede para segui-lo durante a subida até a escola. Logo isso se torna um hábito e Tomoya descobre que essa garota é Nagisa Furukawa, sofredora de um problema de saúde frágil (que chegou a fazer com que repetisse de ano) e cujo objetivo é reabrir o clube de teatro do colégio.

Tomoya decide ajudá-la por algum motivo estranho (até mesmo para ele) e vai descobrindo aos poucos que sua vida está sofrendo uma enorme mudança.


Pode se dizer que o filme é dividido em duas partes, uma resumindo toda a história encontrada na primeira temporada e outra que apresenta o final alternativo. Na verdade, o único real motivo para se assistir esse filme é justamente o final (principalmente para quem já viu a série).

Obviamente, muitos elementos da história original foram cortados, assim como a grande maioria dos personagens e situações que faziam o anime se destacar. Tudo se desenvolve de uma maneira mais focada em Tomoya e Nagisa, algo que não é tão ruim (visto que o maior problema da série de TV era justamente gastar muito tempo com personagens secundários, esquecendo a história principal), mas como tudo está muito resumido, a impressão que se tem é que os acontecimentos são muito corridos e por vezes genéricos demais.

Mesmo com esses problemas típicos da maioria dos “filmes – resumo” baseados em uma série de TV, Clannad – O Filme também conta com alguns aspectos interessantes durante o desenvolvimento da história, como alguns momentos que explicam melhor ou mostram explicitamente uma ou outra coisa que não foi coberta pelo anime.

O visual deste filme é simplesmente incrível, com cenários absurdamente coloridos e uma animação altamente fluida, mesmo que em alguns poucos momentos ela fique meio “estática”. O design de personagens sofreu uma sensível mudança, mas nada que seja bom ou ruim, apenas diferente.

Quanto às músicas, a grande maioria delas continua genérica e não muito chamativa, sendo que aqui ela parece estar um pouco mais ausente se comparada com o anime.

O final, como já disse, é o verdadeiro motivo para se assistir a este filme, e realmente chega a valer a pena. Quem não viu a série de TV talvez não sentirá a mesma coisa ao ver o final que alguém que já a assistiu, mas ainda assim ele consegue fazer o importantíssimo trabalho de carregar esse filme nas costas. Não que ele seja inovador ou algo do tipo, mas consegue passar uma estranha sensação de plenitude e até otimismo.



Clannad – O Filme é um caso igual a muitos que vemos por aí: um “filme – resumo” da série de TV, mas que oferece algo novo aqui e ali. Se tiver gostado do anime, é provável que goste deste longa-metragem, mas se não tiver tido nenhum contato com nada de Clannad até o momento, será apenas mais uma historinha igual a todas as outras.


Lucas Funchal


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário