sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Evangelion: 1.0 You Are [Not] Alone (Movie)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 03/07/2008

Alternativos: Rebuild of Evangelion 01; Evangelion Shin Gekijōban: Jo; Wevangeliwon
Ano: 2007
Diretor: Hideaki Anno
Estúdio: Studio Khara / Gainax
País: Japão
Episódios: 1
Duração: 110 min
Gênero: Drama / Mecha / Sci-Fi



Como recontar uma longa história em poucos minutos? Esta parece ser a pergunta mais difícil a ser respondida por roteiristas responsáveis por adaptação de séries animadas de vários capítulos em limitados OVAs. Mas e se, ao invés de simplesmente resumir o que todo mundo já sabe, os responsáveis pela adaptação decidissem mudar completamente algumas coisas...?

Produzido em 2007 por Khara e Gainax, Rebuild of Evangelion 01 é, como o próprio nome sugere, a primeira parte de 4 "movies" criados com o intuito de retratar a série de TV original Neon Gênesis Evangelion, exibida entre 1995~96 pela TV Tokyo, que é considerado por muitos críticos não só o primeiro grande sucesso da Gainax, mas também o maior sucesso da animação japonesa do século passado e uma dos mais importantes produções áudio-visuais já produzidas no Oriente em toda história. Nunca ter ouvido falar de Evangelion é algo demasiadamente raro até para consumidores casuais de anime e mangá.

Wevangeliwon, como também é chamado no mercado japonês, traz todo o primor e qualidade técnica adquirida pela Gainax para seu universo. O traço dos personagens e cenários é absolutamente idêntico ao original (fato que retomarei com mais detalhes adiante...), entretanto com uma qualidade de cor, iluminação e movimentação de primeira grandeza. O uso de imagens e elementos computadorizados intercala entre o sutil e o esplendoroso.

Entretanto, nem tudo é maravilhoso, pois do inicio até o meio do "movie", cerca de 99% de todas as cenas são absolutamente as mesmas da série de TV redesenhadas com técnicas atuais de montagem e animação, até os ângulos de câmera são exatamente os mesmos. Pequenos detalhes como nuvens e variações de cores são o máximo a se esperar neste primeiro pedaço, até a trilha sonora segue o mesmo padrão. É muito raro aparecer alguma imagem ou seqüência realmente nova; Mas quando ele passa da metade para frente, tudo muda absolutamente neste aspecto. O que faltou de inovação na primeira metade é esbanjada na segunda metade.

Se você nunca assistiu à série televisiva, não vai notar a menor diferença técnica entre a primeira e a segunda metade do OVA, pois a qualidade é a mesma nos dois trechos. A única diferença é que a primeira parte é uma mera atualização de tudo o que já foi visto, e a segunda metade traz um filme totalmente novo.


E como já é esperado, essa diferença é sentida ainda com mais força na história e no enredo.

Rebuild of Evangelion 01 é um resumo demasiadamente corrido dos primeiros 5 capítulos da série original. Diálogos e situações continuam ”tal e qual“ o original, apenas com pequenas mudanças em um momento ou outro e que no final das contas não mudam em nada efetivamente na história já conhecida. Para quem espera alguma novidade marcante, chega a ser frustrante.

Entretanto, na segunda metade do "movie" a história muda surpreendentemente. Esta parte é utilizada para retratar apenas o sexto capítulo. Porém, elementos e personagens que só apareciam nos capítulos finais aparecem com visíveis modificações e em situações completamente diferentes do original. Cenas inteiras completamente refeitas, detalhes e situações que fogem por completo do enredo tanto da série televisiva quanto do mangá, a ponto de tornar o então previsível final, não só deste OVA, mas também de toda a série agora totalmente imprevisível, dada a forte diferença entre as 3 vertentes (TV, mangá e Rebuild).

Momentos de psiquismo e catarse continuam a aparecer, entretanto de uma maneira muito mais concisa e planejada do que na série televisiva. O próprio Ikari Shinji, visto por muitos como um personagem fraco, chorão e medroso, tem visíveis (e bem vindas) atualizações em sua personalidade, contendo alguns traços de heroísmo e vontade própria que remetem um pouco ao visto em sua personalidade adotada no mangá, porém nada que o faça ser diferente do personagem retraído e inseguro que originalmente é.

Rebuild of Evangelion 01 é um anime realmente surpreendente. Quando o espectador está crente que ”já viu tudo o que vai acontecer“ o filme muda completamente e enche o espectador de dúvidas e curiosidades. Se já havia muita discussão em relação a história original e suas entrelinhas, Wevangeliwon promete confundir ainda mais a cabeça de fãs, fanáticos e simpatizantes, porém felizmente sem os inegáveis problemas de progressão de enredo, continuidade e finalização da produção original.



Se você não gosta de Evangelion, há uma real chance de gostar desde "movie", visto que a evolução do original ao Rebuild é muito expressiva e consegue fugir, com êxito, da negativa imagem ”caça-níqueis“ que outras experiências parecidas acabaram se tornando. Apesar da sua primeira metade ser puro pastiche, a segunda consegue definitivamente valer o ingresso.


Emanuel Silva Sena


Nenhum comentário:

Postar um comentário