quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Minna Atsumare! Falcom Gakuen (TV)

Ano: 2014
Diretor: Pippuya
Estúdio: Dax Production
País: Japão
Episódios: 13
Duração: 3 min
Gênero: Comédia / Fantasia



São lançadas mais animações que me interessam do que eu consigo acompanhar. Eu leio resenhas de obras repletas de promessas de qualidade, elogios rasgados a cada pequeno detalhe, uma exaltação de animes como obras de arte... E o que eu faço? Bem, muitas vezes eu desencano e me dou ao luxo de assistir algo que é simplesmente idiota e despretensioso :p

A Falcom é uma empresa de jogos que pode não ser tão conhecida pela população em geral, mas é bem antiga. Antiga a ponto de lançar alguns dos primeiros RPGs para computador do Japão. E ela vive do seu legado, mantendo franquias de 30 anos atrás vivas.

Seu histórico de ports e remakes é assombroso. Sua franquia mais famosa certamente é Ys, com um espadachim de cabelo vermelho chamado Adol Christin. É uma série de "action-RPG" excelente, que surgiu em 1987 e continua até hoje impressionando. Mas é muito confusa. Os dois primeiros jogos são uma história só, o terceiro mudou completamente a jogabilidade, o quarto jogo foi dividido em dois para dois videogames diferentes (história similar mas muitas diferenças de jogabilidade entre eles), começaram a refazer os jogos quinze anos depois do lançamento do original, etc...



E a quantidade de plataforma que estes jogos foram lançados é enorme. O primeiro Ys foi lançado para PC-8801, X1, PC-9801, FM-7/77, FM7-77AV, MSX2, PC-ENGINE, X68000, Master System, Nintendinho, MS-DOS, Apple IIGS, Windows, Sega Saturn, Playstation 2, celulares, PSP e Nintendo DS. O primeiro destes sistemas que conheci foi o Master System, e eu já estou nos meus 25 anos...

E esta maluquice toda só representa uma franquia da empresa - embora provavelmente a mais famosa. Eu nunca entendi Xanadu direito... O “problema” é que os jogos são bons, então você vai jogando, vai pesquisando, vai acumulando conhecimento inútil e deixando de estudar francês porque estava limpando uma torre pela décima vez... Bem, tem um mangá de humor feito visando estas pessoas. E ele foi adaptado em um anime curtinho.

O roteiro é estúpido. Não falo isso como demérito, o objetivo provavelmente era ser o mais tosco possível. São personagens de várias franquias (Ys, Xanadu, The Legend of Heroes...) numa escola onde o professor é um vilão de Ys, Dark Fact. A personalidade das personagens foi alterada, algumas ficando bem diferentes do original, com o único intuito de fazer graça. E as piadas são totalmente voltadas para quem jogou.

A animação já não é muito boa, mas a abertura se supera. É tão ruim e amadora que assusta :p Parece um trabalho de fã de animação em Adobe Flash. E que quem fez a abertura aprendeu a mexer no software uma hora atrás, através de um tutorial online. Como ela corresponde a 25% de cada episódio eles poderiam ter dado uma caprichada... A parte técnica toda é no máximo razoável. O mais bonzinho que posso ser é dizer que a execução foi inteligente em alguns pontos, por exemplo colocando os efeitos sonoros do jogo em alguns bons momentos.



O melhor que posso falar sobre esta animação é que os jogos em que ela se baseia são bons :p Pelo menos se você é um jogador com gostos similares aos meus. E já que você perdeu uma quantidade gigantesca de horas com os jogos, que são mais 20 minutinhos da sua vida, seu viciado maluco? :p


Heider Carlos


Nenhum comentário:

Postar um comentário