sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Panzer Dragoon (OVA)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 31/12/2006

Ano: 1996
Diretor: Shinji Takagi
Estúdio: SEGA / Production I.G.
País: Japão
Episódios: 1
Duração: 27 min
Gênero: Aventura / Fantasia



O mundo da animação sofre muitos problemas, mas um que merece destaque diz respeito aos chamados "animes promocionais", baseados em alguma obra normalmente "audio-visual" e que não adiciona absolutamente nada ao qual se deriva, tornando-se mais um vexame histórico do que algo que faça o público interessar-se pela obra.

Produzido em 1996 por Sega, Production I.G e General Entertainment, Panzer Dragoon OVA tem todas as características de um anime promocional. Derivado de um jogo homônimo, o anime mistura alguns efeitos 3D com o trabalho manual, ficando com um visual equilibrado e, raras vezes, até interessante, pois logo percebe-se que o objetivo do anime não é este, mas apenas apresentar um pouco do jogo ao espectador. A movimentação dos personagens segue o tradicional, sem nenhum destaque. A trilha sonora é super influenciada pelas músicas já contidas no jogo, ou seja, usando instrumentos tribais com arranjos e efeitos mais contemporâneos. O problema é que, em alguns momentos, ela é aplicada de maneira simplista e pouco envolvente, merecendo também pouco destaque.

Além de não atrair o espectador em alguns quesitos técnicos, Panzer Dragoon consegue irritar em muitos outros.


A Torre é a arma mais poderosa do mundo e muitos querem o seu poder, pois diz a lenda: "Quem controla a Torre, controla o Mundo!". Porém, após uma investida desastrosa das forças imperiais sobre ela, o Dragão Negro é despertado e decide, através da Torre, destruir o mundo. Para impedi-lo, somente a força do lendário Dragão Azul, mas alguém tem que unir-se ao mesmo para que possa vencer as forças do mal...

Ao se assistir ao anime, descobre-se que o enredo consegue ficar ainda mais fraco do que o citado. Como pano principal, um romance piegas permeia toda a trama. O anime tenta se aventurar em algumas experiências extra-sensoriais buscadas pelos personagens em momentos muito forçados e de pouca (ou nenhuma) real inspiração. Falando dos personagens, os poucos que merecem destaque são o casal Kyle e Alita. Kyle é o tradicional herói "pavio curto" e super caridoso, enquanto Alita é doce, delicada e tem o poder da premonição. O resto poderia se destacar se ao menos aparecesse em mais de 2 cenas...

Panzer Dragoon OVA é anime descartável, que você assiste e não vê razão para guardá-lo. Os bons efeitos visuais 3D do OVA baseados no jogo são muito mal explorados... aliás, como todo o resto do anime. A pobreza de boas idéias e a falta de comprometimento impressionam, principalmente por ser produzido por estúdios renomados e de grande prestígio nos trabalhos que desenvolvem.



Enquanto Panzer Dragoon é tida como uma das melhores e grandiosas séries de videogames, com destaque inclusive para um RPG chamado Azel Panzer Dragoon Saga, este anime é um daqueles artigos não recomendados nem para os fãs. Panzer Dragoon OVA é um anime que não chega a durar meia-hora, mas consegue tornar cada segundo um desperdício.


Emanuel Silva Sena


Nenhum comentário:

Postar um comentário