quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Azumanga Daioh (TV)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 22/01/2006

Ano: 2002
Diretor: Hiroshi Nishikiori
Estúdio: GENCO / J. C. Staff
País: Japão
Episódios: 26
Duração: 30 min
Gênero: Comédia



Azumanga Daioh foi um anime que eu sempre quis assistir. Eu sempre via por aí algumas imagens dele, e isso me deixou curioso. Eis que, em um belo dia, finalmente encontro Daioh disponível para download. Não pensei duas vezes, e na mesma hora comecei a baixar. Se você deu uma olhada na nota lá em baixo, já deve saber qual foi a reação depois disso, né?

Daioh se passa no ambiente escolar japonês e conta o dia-a-dia de um grupo de estudantes ao longo dos três anos do ensino médio. O interessante é que a linha temporal do anime é bem organizada, sendo possível, assim, conhecer toda a rotina escolar japonesa, desde o primeiro ano do segundo grau até o temido resultado final do vestibular. Então, além de se divertir pra valer assistindo ao anime, você também vai terminar aprendendo bastante coisa sobre a vida dos jovens japoneses... anime também é cultura!

Azumanga se diferencia dos outras produções do gênero por ser uma série 100% descontraída, mas sem ser uma comédia forçada, como é tão comum. O estilo de humor apresentado no anime é bem diferente, fluindo num ritmo meio lento, mas nem por isso monótono. Por conta desse ritmo, o início pode até não empolgar a todos, mas depois a coisa melhora. E apenas uma questão de se acostumar. No entanto, o maior diferencial dessa original animação está nos personagens. O grupo de protagonistas é extremamente cativante.

Vamos começar a apresentação das garotas: primeiramente temos a representante de classe, Chiyo Mihama, uma menina de apenas 10 anos que é super-inteligente e, por isso, conseguiu avançar alguns anos. Ela é bem responsável e sempre tenta ajudar todo mundo: no entanto, ainda é uma criança e, por conta disso, é frequentemente enganada pela "mala" da turma, a Tomo-chan (Tomo Takino). Essa garota é hiper-ativa, fala sempre gritando e adora encher o saco de todo mundo, mas no fundo, bem no fundo, ela é uma ótima pessoa.


Já que falei da Tomo-chan, acho que devo citar a Yomi (Koyomi Mizuhara), melhor amiga da Tomo e principal alvo de suas brincadeiras. Ao contrário da amiga, Yomi é uma pessoa bem séria e, às vezes, estressada. Também temos a Sakaki, uma menina bem calada que adora coisas fofinhas, principalmente gatos. Infelizmente eles não parecem gostar muito dela, pois sempre mordem a coitada. Também temos Ayumu Kasuga, mais conhecida como Osaka (por ser uma estudante transferida de Osaka). É uma garota completamente viajada e sonolenta, capaz de pensar nos maiores absurdos que nem o maior dos idiotas conseguiria imaginar. Na verdade é por isso que ela é a minha personagem preferida. As cenas em que ela e seu cérebro entram em ação são viagem pura! Por fim temos Kageru, a esportista da turma, e Kaorin, que é apaixonada pela Sakaki.

Mas não são apenas as estudantes que tem destaque em Azumanga: os professores também têm chance. Os principais são: Yukari Tanizaki, professora de inglês e responsável pela classe. Pode-se dizer que ela é a versão adulta da Tomo-chan, então vocês já podem imaginar qual é a da figura, não é? A outra professora é Minamo Kurosawa, ou Nyamo, apelido dado pela Yukari. Diferente desta, Kurosawa é bem mais controlada e calma, no entanto, perde facilmente o controle assim que a Yukari começa a revelar detalhes amorosos de seu passado. Por último temos o grande Kumira-sensei, ou Kimurin (apelido dado por ele mesmo... em um momento completamente bizarro), um cara totalmente estranho que vive de boca abertura (parece um zumbi), e ainda por cima é meio tarado (principalmente pela Kaorin).

Azumanga Daioh também consegue ter um bom desempenho na parte técnica. Durante todos os 26 episódios a qualidade da animação não cai em momento algum, mantendo sempre o bom nível. O desenho dos personagens também é ótimo e bem engraçado. O destaque fica por conta daquelas caretas bem ao estilo mangá. São realmente muito engraçadas, e sem elas o anime perderia muito a graça.

No departamento sonoro o nível se mantém. A dublagem é ótima. As vozes são realmente um show de interpretação. Dentre as personagens, eu destacaria a Osaka, com seu sotaque típico. A trilha sonora é boa, com divertidas músicas de abertura e encerramento, tocadas pela banda Oranges & Lemons (também responsável pelo encerramento de Scrapped Princess). As músicas de fundo merecem ser comentadas, pois elas combinam muito bem com o estilo da série, e fazem o espectador entrar no clima do anime.



Com toda certeza Azumanga Daioh é uma das séries de anime mais engraçadas que se pode encontrar. Os personagens extremamente carismáticos e o estilo único de humor vão conseguir fazer sorrir até o mais mal humorado dos seres humanos. Daioh sem dúvida é uma das melhores opções para quem quer se divertir pra valer.


André Pequeno


Nenhum comentário:

Postar um comentário