sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Labyrinth of Flames (OVA)

OBS: Resenha publicada originalmente no Animehaus em 01/01/2004

Alternativos: Honoo no Labyrinth, Labirinto de Fogo
Ano: 2000
Diretor: Katsuhiko Nishijima
Estúdio: Studio Fantasia
País: Japão
Episódios: 2
Duração: 33 min
Gênero: Aventura / Comédia / Shounen



Aí você, fã de animes de comédia e escracho! Se está cansado de ver Evangelion e não entender nada, com o saco cheio de quebrar a cabeça tentando compreender animes com enredos profundos, ou simplesmente não quer entrar "de cabeça" em uma história complexa e/ou dramática, este é o anime que você procurava! Com apenas dois OVA´s, esta série de comédia curtíssima é uma produção do estúdio Fantasia, famoso por outros sucessos, como Agent Aika e Megami Paradise. Honoo no Labyrinth conta com uma história bem simples, e trata de mostrar logo nos primeiros momentos o seu tema principal: calcinhas!! É isso mesmo, roupas de baixo femininas! ^_^ Mostradas de vários ângulos e em várias posições (vestidas, é claro, em suas respectivas donas), lá estão elas, na quase totalidade das cenas do anime.

Honoo no Labyrinth conta também com muito escracho por parte da mistura história + personagens. Aqui não há lugar para equilíbrios entre os gêneros, não existe nenhum balanço entre o humor, drama, romance e aventura. É puro escracho, mesmo!



O humor é levado até as raias do pastelão, com abundância de SD´s (Super Deforms). Não há drama ou romance algum (exceto as relações Garan/Natsu e Date no Shin/Kasumi, que não exatamente romances), e as cenas de "porrada", relativamente raras, são, no máximo, hilárias, indignas de um comentário elogioso a respeito da destreza e habilidade do personagem, que deixa muito a desejar. ^__^

Os personagens são pouco explorados, em virtude do objetivo da série (que eu já expliquei qual é), mas não deixam de ser carismáticos à sua maneira. São eles: Garan, o protagonista, fã de samurais e espadas; Natsu, a garota que escolhe Garan como noivo, contra a vontade do pai; Kasumi, a guardiã de Natsu, sempre andando com um soro fisiologico no braço; o pai de Natsu, Shigemitsu; a tia de Natsu, Shinka; Date no Shin, o pretendente rival; a voluptuosa Kelly (sem comentários! O_O") e as vilãs Natasha e Herola, que usam e abusam de suas formas e roupas de baixo! Para quem curte, há cenas de cada uma das seis beldades, no final de cada OVA, em poses sensualíssimas e de muito bom gosto (eu curti, oras!).



No fim, você fica com a sensação de que Honoo no Labyrinth vale a pena, apesar de não saber dizer o "porque" (hum, será por causa do final dos OVA´s? ^_^ ). É uma série que cumpre seu objetivo de trazer uma história light e divertida, para rir bastante e se deleitar com o talento do estúdio Fantasia e de Yamauchi Noriyasu no traço das personagens.


Rafael Tages


Nenhum comentário:

Postar um comentário