quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Kimi No Na Wa. (Movie)

Alternativos: Your Name.
Ano: 2016
Diretor: Makoto Shinkai
Estúdio: CoMix Wave Films
País: Japão
Duração: 107 min
Gênero: Romance / Comédia / Drama



Lançado em 2016 no Japão, "Kimi No Na wa." (ou "Your Name.") é considerado um dos maiores sucessos do cinema japonês de todos os tempos. O filme foi escrito e dirigido por Makoto Shinkai, que também já produziu outras grandes produções como "Five Centimeters Per Second" e "Children Who Chase Lost Voices".

O sucesso no Japão, porém, já era esperado, afinal, Makoto Shinkai é um dos diretores mais badalados do país. No entanto, o filme também ficou bastante famoso fora do Japão, o que é algo raro, que praticamente só acontece com os filmes do Studio Ghibli, já que estes têm apoio de grandes distribuidoras internacionais.

E agora que a obrigatória introdução está fora do caminho, vamos finalmente começar a resenha. “Kimi no Na Wa.” é meio que uma mistura ficção-científica com fantasia, comédia, aventura e romance. No filme, os personagens Mitsuha Miyamizu e Taki Tachibana, ambos adolescentes, percebem que algo estranho está acontecendo. Às vezes eles acordam pela manhã sem memória alguma em relação ao que aconteceu no dia anterior. Os dois logo entendem que, de vez em quando, ocorre uma troca do corpo, aquela coisa básica de anime, o famoso "body swap", que você provavelmente já deve ter visto em séries como "Kokoro Connect" e "Dragon Ball Z" (lembra das "Forças Especiais Ginyu?").

No caso de "Kimi No Na Wa." a coisa complica ainda mais a vida dos protagonistas porque eles, além de não se conhecerem, também moram em lugares completamente distintos e vidas muito diferentes. Mitsuha é uma sacerdotisa de um santuário xintoísta de uma cidade do interior, enquanto Taki é um garoto trabalhador da uma grande metrópole. Além disso, existe um terceiro fator que eles só descobrem um pouco depois - e que, portanto, eu não vou comentar aqui para não estragar a surpresa.

Inicialmente, na primeira metade do anime, "Kimi No Na Wa." parece ser uma comédia romântica padrão. Os personagens tentam se acostumar com os constantes "body swap", deixando mensagens em cadernos sobre como eles devem se comportar no período em que os corpos estão trocados. A gente acaba vendo as confusões nas quais eles se metem por conta dessa situação, já que um precisa se acostumar com a vida do outro.

Como foi dito, até aí "Kimi No Na Wa." é somente uma comédia romântica comum. Bastante divertida e interessante, mas ainda assim sem nada fora do normal (para os padrões de um anime, claro). Porém, mais ou menos na metade do filme algo acontece e a dinâmica de todo o enredo acaba mudando drasticamente. Claro que eu não vou comentar o que acontece, mas basta dizer que, a partir desse evento, o anime passa a virar um drama misturado com aventura, e as coisas realmente passam a ficar mais interessantes. Se no início o espectador estava simplesmente dando risadas e divertindo com a comédia e o romance, a partir da segunda metade do filme, quem está assistindo passa a cravar as unhas na cadeira e grudar os olhos na tela esperando o vai acontecer depois.

No final das contas, é possível até dizer que "Kimi No Na Wa." tem uma história simples; mas nem por isso ela deixa de ser impactante, e isso talvez seja pelo fato dos personagens serem extremamente realistas e apresentarem reações genuínas aos estranhos eventos que acontecem ao redor deles. Esse é certamente um daqueles animes que faz o espectador sentir as mesmas emoções que os personagens estão sentindo na tela da TV ou monitor - ou, caso você seja rico, no seu projetor 8K dentro de sua sala de cinema particular exclusiva com poltronas de grife feitas com couro de crocodilo australiano, sistema surround de última geração e mordomo inglês te entregando um Martini italiano enquanto você voa em seu jatinho particular a caminho do hotel mais caro de Dubai para acompanhar a queima de fogos do ano novo. Exagero? Claro que não, é apenas bom gosto. :D

Acho que é desnecessário dizer que a qualidade de animação e trilha sonora é de primeira aqui, não é? É, mas eu vou falar mesmo assim: a qualidade de animação é, sim, de primeira, e ela é acompanhada por uma belíssima direção artística, coisa que, inclusive, já se tornou algo esperado nas produções de Makoto Shinkai.

A trilha sonora também é ótima, com músicas criadas pela banda japonesa “Radwimps”. Aliás, vale dizer que "Kimi No Na Wa." tem até uma abertura. Exatamente, uma abertura bem no estilo seriado de TV. Isso é algo que eu sempre quis ver em filmes e dessa vez finalmente aconteceu. Espero que isso vire moda e outras produções passem a ter aberturas também.



No geral, acho que já deu pra perceber que eu gostei bastante de "Kimi No Na Wa." É um filme que tem de tudo um pouco; drama, romance, comédia, aventura, fantasia. E tudo executado de forma brilhante, resultando em uma produção que não é apenas interessante, mas incrivelmente divertida de se assistir. "Kimi No Na Wa." é um anime que certamente vai fazer você esquecer do mundo durante os seus 107 minutos de duração.


André Pequeno


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário